O primeiro museu de arte moderna de Lisboa

Durante quase 5 décadas, A Brasileira do Chiado expôs nas suas paredes telas de pintores portugueses da nova geração de então, que frequentavam o café: Almada Negreiros, António Soares, Jorge Barradas, Bernardo Marques, Stuart Carvalhais, José Pacheko e Eduardo Viana. Atualmente, as duas obras de Eduardo Viana que decoraram as paredes da Brasileira, estão expostas no gabinete de trabalho e sala de audiências do Presidente da República Portuguesa.